NOTÍCIAS
28/abril/2010
ABINEE e Sinaees-SP criam Grupo de Relações Trabalhistas e Sindicais
Foi realizada na terça-feira (27), a primeira reunião do Grupo de Relações Trabalhistas e Sindicais (GRTS) da ABINEE/Sinaees-SP, que reúne representantes das empresas associadas, retomando os trabalhos desenvolvidos no antigo Grupo Técnico de Administração de Pessoal – GTAP. O objetivo é debater assuntos relacionados às negociações trabalhistas, bem como acompanhar as legislações referentes ao assunto. Segundo o presidente da ABINEE e do Sinaees-SP, Humberto Barbato, o atual momento exige uma postura bem pensada e equilibrada por parte dos sindicatos patronais, considerando os problemas de competitividade das empresas. Ele destacou a importância de se voltar a ter um grupo pensante e estratégico na questão das relações trabalhistas para poder se preparar para as negociações. Barbato salientou, também, que, está entre as atribuições do grupo, contribuir com o plano de contingência das empresas para minimizar pressões de paralisações e greves. “Temos que nos organizar para que as negociações salariais não se tornem mais um problema que venha a se somar à falta de política industrial e cambial, que levam o país ao caminho da desindustrialização”, disse. Neste sentido, Barbato ressaltou a questão da redução da jornada de trabalho. Segundo ele, a alegação de que esta medida vai gerar mais empregos é uma grande falácia. “A diminuição da jornada aumentaria o custo das indústrias do setor eletroeletrônico em 10%”, disse. O 1º vice-presidente do Sinaees-SP, Dorival Biasia, afirmou que a intenção do grupo é discutir, durante todo o ano, questões trabalhistas, por meio de reuniões mensais, e fazer o acompanhamento de leis que digam respeito às relações capital x trabalho. “Escutaremos, também, os pleitos e posicionamento das empresas, que serão levados ao presidente da entidade, Humberto Barbato, e encaminhados aos órgãos governamentais competentes”, disse. Biasia destacou que a aproximação com os associados será importante para a preparação das negociações salariais. “Queremos fazer reuniões em outras regiões do estado de São Paulo e estreitar o relacionamento com os líderes sindicais durante todo o ano, não só no momento das negociações, trazendo-os inclusive para participar das reuniões do Grupo”, afirmou. O coordenador do GRTS, Antonio Lucio Molognoni, ressaltou que, se o trabalho do setor empresarial não for reforçado, as negociações trabalhistas serão cada vez mais difíceis. “Esta iniciativa de formar o grupo possibilita um sindicato patronal forte”, disse. Ele conclamou as empresas a participarem das reuniões para poder municiar os representantes, visando melhores acordos. Na ocasião, também foram designados Cassius Zomignani como assessor trabalhista do grupo, Adilson Ambrosino, como assessor sindical, e Alberto Brunetti, como secretário.
 
Fonte: Newsletter ABINEE
 
 
Itccom © 2007
Todos os direitos reservados
Rua Engenheiro Maylaski, 587 - Santo Anastácio - SP - Brasil - Telefone : (18) 3263-2444